NOTÍCIAS

SDSCJ vai combater violações no Carnaval

Diversas ações serão realizadas nos Camarotes da Acessibilidade em seis municípios e sensibilização pelos 33 municípios presentes.

Publicado em 21/02/2017

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão do secretário Roberto Franca, estará em ação, durante toda a folia pernambucana, para garantir o lema deste ano: "No Carnaval Pela Inclusão Não Entra Preconceito". Serão desenvolvidas diversas atividades pelas secretarias executivas, que compõem a SDSCJ, com uma atenção redobrada às crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, público LGBT e afrodescendentes.

As campanhas direcionadas aos diversos segmentos de Pernambuco foram lançadas na manhã desta terça-feira (21/02), no Centro de Artesanato, no Recife Antigo, ao som de frevo com passistas e papangus de Bezerros, e o grupo de maracatu formado por 20 jovens especiais, da APABB. Ao todo estavam presentes 33 municípios de várias Regiões de Desenvolvimento do Estado.

O chefe de Gabinete Cláudio Carraly, representando Roberto Franca, conclamou a todos na abertura a denunciarem violações em grandes eventos. “Neste período do Carnaval, 17% das denúncias do Disque 100 são relacionadas à violência sexual de crianças e adolescentes. Este é o papel de toda sociedade: divulgar os canais de denúncia e estar atenta a estas e outras violações”.

Na abertura, houve ainda a participação dos secretários executivos João Suassuna, de Políticas Para Criança e Juventude (SEPCJ), e Sérgio Moura, de Segmentos Sociais, que apresentaram as ações de suas respectivas secretarias no período do Carnaval. Além de representantes da Secretaria de Turismo (Empetur), da Prefeitura do Recife e do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).  

O coordenador do PETI de Bezerros, Edvan Silva, trouxe a experiência de sucesso na proteção de crianças e adolescentes durante grandes eventos da Prefeitura de Bezerros. Para encerrar o evento, o advogado Alexandre Nápoles, gerente de Criança e Adolescente da Prefeitura do Recife, falou sobre os aspectos jurídicos da proteção deste público e da importância do investimento em prevenção para o desenvolvimento infantil.   

Atenção Redobrada – Representantes de 25 municípios vieram ao Recife para saber mais sobre o programa e entender como desenvolver ações preventivas de enfrentamento às violações de direitos às crianças e aos adolescentes no Carnaval. “Essas ações são planejadas antes, durante e depois do evento, e articuladas entre o Estado e os Municípios, numa parceria conjunta”, disse João Suassuna (SEPCJ). Serão sete espaços de proteção no Recife, Olinda, Bezerros, Araçoiaba e Paudalho  O material de divulgação distribuído tem o foco nos casos de trabalho infantil, exploração sexual e venda de bebidas alcoólicas a crianças e adolescentes no Carnaval.

SESES - A Secretaria Executiva de Segmentos Sociais (SESES) vai atuar, por meio da Sead Pernambuco, nos Camarotes da Acessibilidade do Recife (Galo da Madrugada), Bezerros, Olinda, Surubim, Salgueiro e Vitória de Santo Antão; e na Estação Central do Metrô do Recife (25/2), com equipe qualificada para atender à população surda, através de intérprete de Libras.  “A SESES estará com 20 profissionais promovendo ainda divulgação corpo a corpo, por meio de panfletagem e sensibilização das questões raciais e de gênero em Bezerros, Olinda e Recife. Este trabalho se iniciou com uma formação nas secretarias de Saúde e Defesa Social (GT Racismo)”, disse Sérgio Moura (SESES).

Em Olinda, os foliões poderão contar com atividade de delegacia, equipe para orientações voltadas aos segmentos sociais, distribuição de material explicativo, preservativos, lubrificantes e encaminhamentos aos serviços necessários. Já no Recife, atuação da SESES será no Pátio São Pedro e do Terço, onde acontecem as festividades da cultura negra. Serão ações de conscientização sobre o respeito racial, combate à intolerância religiosa, através da sensibilização, também, para valorização da cultura afro.

Além disso, foi lançada a campanha "Discriminar ou Negligenciar a Pessoa Idosa é Crime”. Coordenada pela Superintendência de Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa, a campanha levará informação, defesa e proteção dos direitos da pessoa idosa para todo o Estado de Pernambuco. A Superintendência, que integra a SESES da SDSCJ, vai divulgar a campanha também no Baile Municipal da Pessoa Idosa, da Prefeitura do Recife, amanhã (22/02) à tarde.

PLANTÃO 24 HORAS PARA DENÚNCIAS

A Ouvidoria da SDSCJ estará de plantão no Carnaval através dos telefones 0800.081.4421/ 98494-1298. Ou através do Whatsapp (exclusivamente destinado às pessoas surdas): 98494-1955. O anonimato é garantido.

A Ouvidoria também estará atendendo nos seguintes locais:

Recife: Galo da Madrugada - Juizado do Folião (25/02);

Estação Central do Metrô e Fórum Thomaz de Aquino;

Bezerros: Camarote da Acessibilidade e Pátio de eventos (26/02);

Olinda: Camarote da Acessibilidade - Praça do Carmo (25 a 28/02).

Outra forma de denunciar violações de direitos humanos é o Disque 100. Após serem examinadas, as denúncias recebidas são encaminhadas para as autoridades competentes. O Disque 100 funciona 24 horas todos os dias da semana.

Em 2016, foram registrados 77.290 relatos de violação dos direitos das crianças e adolescentes. O número é 3% menor em relação ao registro do ano anterior. O período entre 5 e 24 de fevereiro de 2016, temporada de carnaval, foi responsável por 17,4% de todas as denúncias do ano. Os dados são do Governo Federal.

Abertas inscrições para camarotes de carnaval destinados a deficientes

Interessados podem solicitar vagas por telefone, internet e WhatsApp, a partir desta quarta (15/02/2017). Há três áreas: Galo da Madrugada, no Recife, Olinda e Bezerros, no Agreste pernambucano.

Publicado em 15/02/2017

Começaram nesta quarta-feira (15/02/2017) as inscrições para os interessados em participar dos Camarotes da Acessibilidade no carnaval 2017, destinados a pessoas deficientes. Ao todo, são três áreas de desfile de agremiações: Galo da Madrugada, no Centro do Recife, Olinda, na Região Metropolitana, e Bezerros, no Agreste.

Os interessados devem entrar em contato com a Ouvidoria da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, por meio dos telefones 3183-3075 e 98494-1298. Outra forma de fazer a inscrição é pelo Whatsapp (exclusivamente destinado às pessoas surdas): 98494-2310. Ou ainda por e-mail.

No Galo, o espaço fica na Avenida Sul, nas imediações do camarote oficial do clube de máscaras. São 120 vagas destinadas à Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD).

De acordo com o estado, 20 vans do Programa PE Conduz vão transportar os foliões até o local. Elas vão partir da Praça do Derby, na área central do Recife, às 7h, com retorno às 16h, para o mesmo local.

Em Bezerros, a ação será realizada parceria com a prefeitura do município. O camarote ficará na Praça Duque de Caxias, S/N, na sede da Prefeitura, e funcionará nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro, das 10h às 16h. São 20 vagas por dia. Duas vans do PE Conduz farão para o transporte de pessoas com deficiência da cidade de Caruaru, com retorno ao final.

Em Olinda, o camarote ficará na Avenida da Liberdade, esquina com a rua Dr. Justino Gonçalves, na Praça do Carmo. O espaço vai funcionar nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro, das 10h às 16h.

Nova diretora-presidente da FUNASE toma posse

Nadja Alencar destaca o compromisso de trabalhar para garantir um ambiente educador nas unidades.

Publicado em 14/02/2017

A nova Diretora-Presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Nadja Alencar, tomou posse na manhã desta segunda-feira (13). A solenidade aconteceu na sede da instituição, nos Aflitos, Zona Norte do Recife. Segundo o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Roberto Franca, Nadja é a Diretora-Presidente desejada e esperada por todos. “Ela é destemida e competente, e eu não tinha como deixar de reconhecer isso e indicá-la para que ela continuasse o nosso trabalho anterior”, disse o secretário, que foi o último Diretor-Presidente da instituição.

Segundo Nadja, a sua perspectiva é dar continuidade à proposta sociopolítico pedagógica da Funase, garantindo um ambiente educador nas unidades com as ações profissionalizantes necessárias. “Dentre as prioridades destacamos ainda ações integradas internamente e externamente, na prevenção de conflitos nas nossas unidades; a adequação da infraestrutura, elevando o bem estar dos adolescentes e funcionários; e o fortalecimento da articulação e do diálogo com as demais instituições que compõem a rede de garantia de direitos”, listou. 

Para executar essas mudanças, Nadja Alencar contará com o Plano Emergencial e Estratégico para as ações que serão realizadas nos próximos dois anos pela Funase. “Logo após o Carnaval, concluiremos esse plano e vamos anunciá-lo após apresentá-lo ao Governador”. O documento é elaborado com o apoio da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag).

Entre os desafios, o secretário Roberto Franca destaca o programa de Liberdade Assistida, que deve crescer para que o número de internos da Funase diminua. Para isso, ele anuncia que irá buscar sensibilizar os prefeitos com relação à consolidação desse programa. “Acredito que o meio adequado para a reinserção social dos jovens não é a Funase, é a própria sociedade e a Liberdade Assistida é uma ação desenvolvida pelas prefeituras. Ela permite que o juiz desinterne alguns jovens e coloque em meio aberto, com acompanhamento de educadores sociais, na escola, em cursos profissionalizantes”, explicou.

Também presente na solenidade de posse, o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, corroborou com o que foi dito e destacou a política de paz. “Não queremos os meninos morrendo na rua, vítima da guerra do tráfico. Temos uma luta enorme de não permitir a morte. Somos cavaleiros da vida. E ninguém melhor do que Nadja, que representa a garra, a luta, a coragem de todos que fazem a Funase”.

Agentes Socioeducativos - Durante as boas vindas à nova Diretora-Presidente da Funase, o secretário de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, Roberto Franca, anunciou a realização de uma nova seleção simplificada para Agentes Socioeducativos e ainda melhorias de salário e conseqüentemente das condições de trabalho. A cerimônia de posse contou também com a presença da Corregedora Geral da Defensoria Pública de Pernambuco (DPPE), Ana Moura; da presidente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (Cedca-PE), Lourdes Vinokur; de ex-Diretores-Presidentes da Funase, colaboradores das unidades e representantes de organizações ligadas à infância e juventude.  

SDSCJ inaugura segunda turma de curso voltado para atender à pessoa idosa

Aula foi ministrada pela professora Kátia Magdala, com a temática "Envelhecimento Ativo, Reflexões e Possibilidades"

Publicado em 10/02/2017

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), sob a gestão do secretário Roberto Franca, em consonância com a Secretaria Executiva de Segmentos Sociais, através da Superintendência de Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa, realizou, nesta sexta-feira (10), a aula inaugural da segunda turma do curso de “Qualificação em Atenção e Cuidados à Pessoa Idosa”. No total, foram realizadas 68 inscrições. Presidiram a mesa  o secretário executivo de Segmentos Sociais, Sérgio Moura, e Lucyana Moreira, que comanda a Superintendência de Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa.

A necessidade do curso surgiu após um diagnóstico realizado nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI´s), onde se constatou que os profissionais que trabalham nestes locais possuíam experiência, mas não tinham a qualificação técnica exigida pelos órgãos fiscais sanitários.  Portanto, estas pessoas foram identificadas como público prioritário para participação no curso. Além do diploma, as passagens serão totalmente custeadas pelo Governo de Pernambuco.

André Alexandre Barbosa, um dos participantes da primeira turma, que se formou na última semana, esteve hoje no evento e destacou a importância do curso: “Tive o privilégio de participar das aulas, e confesso que a minha visão sobre os temas abordados era totalmente diferente”, disse.  Ele ainda falou da atual população idosa, que tem crescido a cada dia no Brasil, “Nossa população está ficando cada vez mais idosa, precisamos de pessoas qualificadas para cuidar dela, e, futuramente de nós”, completou. 

A primeira aula foi ministrada pela professora Kátia Magdala, com a temática “Envelhecimento Ativo, Reflexões e Possibilidades”. Além deste tema, os alunos também aprenderão sobre Noções Básicas de Português e Matemática, Nutrição, Geriatria e Gerontologia, Saúde e Bem Estar do Idoso, Ética Para o Cuidador do Idoso, Direito e Cidadania, Noções de Farmacologia, entre outros. As aulas serão realizadas sempre às sextas-feiras e sábados, ao longo de três meses, das 8h às 17h, no auditório da Casa das Indústrias, na Av Cruz Cabugá, 767, Santo Amaro, Recife.

Conscientização e cultura marcam o Dia Estadual da Juventude Negra

João Suassuna participou do Recital da Juventude no Museu da Abolição

Publicado em 07/02/2017

Dança, batuque, teatro, hip hop, declamação de poesias. O Recital da Juventude agitou o público, nesta segunda-feira (06/02), no Museu da Abolição, numa tarde de alegria e conscientização. A festividade marcou o Dia Estadual da Juventude Negra em Pernambuco e também homenageou o estudante Alcides do Nascimento Lins, assassinado em 2011. Alcides era negro e ficou conhecido nacionalmente quando conquistou o primeiro lugar no Vestibular entre os alunos da Rede Pública.

O interno Felipe Amazonas, 19 anos, abriu as apresentações com um número de hip hop. Felipe representou os nove jovens do Lar Esperança, uma das casas de acolhimento da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, dirigida pelo secretário Roberto Franca.

Também se apresentaram o grupo Lamento Negro, jovens da AJAX (Academia Jaboatonense de Artes Geração X), integrantes da percussão do grupo Ruas e Praças e o movimento Boi Treloso. O poeta Netinho Batista divertiu os presentes declamando poemas de sua autoria e de outros nomes, entre eles Solano Trindade. O artesão Marcos Chalegre fez uma demonstração dos seus trabalhos. 

Os visitantes também puderam conhecer a exposição 'Diáspora', do pintor Josafá Neves, que destaca a história de luta e liberdade dos negros brasileiros. 

"Essa solenidade é muito importante, pois coloca a juventude como protagonista, utilizando a cultura para combater o preconceito", afirmou o secretário executivo de Polícias para Criança e Juventude, João Suassuna, que, junto com toda a equipe da SEPCJ, organizou o evento.